terça-feira, 14 de julho de 2009

A oração de um homem cansado que só tem dois minutos de vida


Devia ter procurado saber menos sobre o amor e amado mais do que amei. Me perdoe Senhor, porque muitas vezes recorri aos livros que falavam sobre amor, quando deveria ter recorrido ao necessitado que clamava por socorro.

Devia ter estudado menos sobre a oração. Gastei muito tempo abrindo livros, nos corredores das bibliotecas, aprendendo modelos de orações eficazes. Devia ter gastado este mesmo tempo com os joelhos dobrados no canto de meu quarto, talvez assim não partiria sem saber orar.

Devia ter gastado menos tempo criando estratégias para evangelismo. Sim, o certo teria sido acordar de manhã, pegar a bíblia e ir logo, me lançar à missão e pedir para o Senhor me dar palavras, direção.

Devia ter julgado menos os outros, porque talvez assim, minha consciência me julgaria menos agora. Vejo que todas as pedras que joguei, voltam para minha face como um bumerangue e ferem o meu brio. Devia ter compreendido mais, assim, eu seria capaz de me compreender agora.

Outra coisa que deveria ter feito....(tempo esgotado)

Dois minutos já se passaram.


Você e eu provavelmente ainda temos mais de dois minutos, vamos tentar viver tudo que ainda podemos, pra depois nossa consciência não nos diga...DEVERIA...
Pense nisso, mais por favor...pense rápido.

Thiago Mendes

2 comentários:

Lorena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lorena disse...

Nossa isso nos faz realmente refletir! E o nosso tempo é precioso e ao mesmo tempo passa rapido demais, por isso devemos ocupá-lo com as coisas de Deus. Não podemos trocar a eternidade, por um minuto de pecado.