quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Sobre o "mundo particular"!




Ela possui uma alma livre - que sonha voar, mas habita um corpo comprometido com o que aprendeu a chamar de “meu mundo particular”. No macro, acha que tudo poderia ter sido diferente: seus amores, seu labor, seus sonhos e seu caminhar. No micro, entende que o melhor que existe está bem aqui, habitando este universo e dividindo seus espaços. Quando se sente só e, algumas vezes vazia, vai até o espelho e diz a si mesma: “Vento: cala-te! Mar: aquieta-te!” Ela então respira, sente sua alma descansar e descobre que tudo está em plena ordem em seu “mundo particular”. “Vai passar...” é o que consegue dizer enquanto sorri.

Um comentário:

Anônimo disse...

“Vai passar...” é o que consegue dizer enquanto sorri disfarçado!