terça-feira, 10 de maio de 2016

Sobre os perigos da prepotência!

Nossos adversários crescem na medida em que cresce também o nosso orgulho. A prepotência perfura os olhos da razão e tornam-se seus escravos todos aqueles que permitem que ela possua as suas almas. No pódio dos vencedores não há espaço para os que começam o combate imaginando que já venceram. Precisamos uns dos outros. Precisamos ser capazes de despertar a nossa versão mais bem preparada. Precisamos do erro do adversário. Precisamos da sorte, do acaso, da sensibilidade para não permitir que a oportunidade passe ilesa à nossa frente. Só os mais humildes sabem valorizar os menores detalhes e entendem que lá no final, serão eles que irão fazer toda a diferença.

Nenhum comentário: