segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Sobre quando a vida para de mudar!


De vez em quando a Mulher de Fé sente que as dúvidas estão se sobrepondo às suas convicções. O cansaço, as feridas de combates passados ainda não cicatrizadas, o medo de novas decepções, a falta de expectativa quanto a mudanças no cenário geral de sua vida, tudo isso parece tentar minar suas forças e roubar a esperança. “Não olhe para trás”, ouve seu coração dizer. “Não tenha medo quando as coisas parecem ter parado de mudar. Nós provocamos as mudanças que queremos ter e somos as mudanças que queremos ser”. Ela entende o recado. Acredita que as mudanças vão acontecendo na medida em que forem se tornando realmente necessárias.

Nenhum comentário: