terça-feira, 22 de abril de 2014

Sobre como satisfazer uma alma faminta e carente!


Senhor, Tu és meu alimento, meu pão de todas as manhãs e por toda a minha vida. Se meus pés vacilam e se afastam de Ti por qualquer motivo, mesmo que seja por pouco tempo, minha alma, coitada, começa a sentir fome. Esta fome trás consigo tristeza, desânimo, solidão, vontade de sumir para um lugar que jamais saberei onde fica – mas todas as vezes que isto acontece, já aprendi: sento-me em Tua mesa farta e me alimento de Ti mesmo, meu Pai, meu Pão e meu bom Pastor. Todos os meus problemas parecem desaparecer quando estou Contigo. Sim, meu amado Senhor, Tua presença me supre, me satisfaz e afasta para longe todos os sentimentos ruins e tentam habitar meu interior. Com tudo isso, aprendi que só existe um problema para nós, Teus filhos: a separação do Senhor. Abriga-me em Teus braços, recoste-me em Teu peito, permita-me sentir Teu respirar e todos os problemas desta vida serão apenas pequenos detalhes que enfeitam o cenário da viagem. 

Thiago Mendes

Nenhum comentário: