segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Sobre a árdua missão de nos dar amor!


Em algum momento a vida entrega a alguém a árdua missão de nos fazer felizes. Imagina. Nós e nossas inconstâncias emocionais, nossas inseguranças, as acusações sem fundamento – como se o outro que gratuitamente decidiu nos amar – ou que foi pego pela teia do amor e não resistiu a ela, tivesse que experimentar todos os nossos venenos sem que seus sentimentos fossem afetados. Sejamos sinceros: não somos pessoas fáceis. Na maioria das vezes nossas exigências são implacáveis, e temos a tendência de ser exageradamente pacientes com nossos erros, e irredutíveis quanto aos erros de quem foi colocado nesta vida a fim de nos dar amor. Que possamos compreender mais, aceitar mais, ceder mais. Se assim fizermos, certamente estaremos mais próximos de fazer com que sejam felizes aqueles que receberam a árdua missão de nos dar amor. 

Thiago Mendes 

Nenhum comentário: