quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Sobre quando nos sentimos tristes sem razão!

De vez em quando a Mulher de Fé acorda triste e angustiada. No primeiro momento procura por alguma causa óbvia. Avalia a noite ao lado do seu amor, o comportamento dos filhos, as finanças, os acontecimentos do dia a dia – tudo normal. Quando a Mulher de Fé não encontra a causa fica ainda mais confusa. “É justamente este o problema: tudo está normal”, diz sua alma repleta de angústia. A Mulher de Fé respira fundo tentando buscar um alívio que não encontra. Sua alma prossegue: “Você se acostumou tanto com uma vida cheia de conflitos e problemas que não consegue descansar quando tudo vai bem. Parece estar lhe faltando alguma coisa. Descanse. Pode ser que os conflitos voltem e, se souber aproveitar esta trégua, certamente estará bem mais forte quando vierem”. A Mulher de Fé sente que seu interior descansa. Um peso parece ter deixado seus ombros. Logo seu amor estará de volta, os filhos voltarão a correr pela casa e fará de tudo para aproveitar a paz que o seu mundo tem lhe oferecido. 

Thiago Mendes

Nenhum comentário: