sexta-feira, 23 de março de 2012

Sobre o remédio e a verdadeira sabedoria!

Estamos terminando de escolher os textos que irão entrar no livro “O Diário de um Soldado” e que, se Deus quiser, será lançado ainda este semestre. Selecionamos um a um, relemos, substituímos frases, reescrevemos as ideias e, às vezes, surgem os impasses. “Não quero este Izaura; é fraco, não tem nível”. Minha editora tem uma calma do Céu: “O que é ruim para você, pode ser tudo o que uma pessoa está precisando ler neste momento, Thiago”. Ela tem razão. Tenho recebido e-mails de pessoas de várias partes dos Brasil e do mundo que têm acompanhado o Diário de um Soldado todos os dias e parece que estas pessoas também não concordam comigo. Quanto mais singelos os textos, mais rápido eles parecem se transformar em remédio para aqueles que estão precisando. Com o tempo vamos aprendendo que a verdadeira sabedoria não complica, mas explica. Tudo que desejamos com o Diário de um Soldado é que o pão chegue ao que tem fome e que este sinta-se alimentado. Vamos esperar o livro…

Thiago Mendes

Nenhum comentário: