sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Cavalo e pum de mentira: a doce rotina de uma noite qualquer

O Israel agora não me dá mais sossego. Todos os dias antes de dormir tenho que me “transformar” em cavalo para suas perigosas montarias. O pior é que ele gosta é de coisa perigosa e enquanto o cavalo (eu) fico esperando ele montar, o espertinho fica em pé em cima de mim e fala: “Papai, to no monte” e eu fico orgulhosamente bravo e digo pra descer, querendo que fique só mais um pouquinho. E o pior é quando ele inventa de dar as suas rajadas de puns de mentira para o meu lado. E eu digo: “Ei rapaz, eu sou o seu pai e não se solta puns em pai, ai que fedo!”. Aí ele dá aquelas rajadas, não de puns, mais de risadas exageradas.

Depois disso tudo, faço cócegas nele até que a mãe dele vem “braba” com a mamadeira: “Nossa, vocês dois só sabem fazer bagunça, todo dia”. Ele me olha desconfiado tipo: “ai ai ai, acho que hoje apanhamos”. Dou uma piscadinha, ele pega o mama e vai para o berço e logo dorme. Esta é a doce rotina de todas as noites divertidíssimas lá em casa. Que dure, enquanto nós durarmos,

Thiago Mendes

3 comentários:

ayara disse...

que Deus continue a abençoar esta familia, que por sinal é um exemplo de familia... amu muito todos voces

Clessy e Siomar disse...

Aneiimmm mais que gracinha...
Coisa fofura... rsrsrs
Deus abençõe vcs!

Jocianne disse...

Que Deus esteja sempre presente nesse lar abençoado... e que a felicidade vivida por vc e Israel cresça junto com ele... e seja sempre mostrada a nós para que possamos valorizar os pequenos momentos vividos em família