sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Aprendendo a viver as diferenças


Em sua autobiografia, Mohandas Gandhi conta que, durante seu período de estudante na África do Sul, interessou-se pelos Evangelhos, e chegou a considerar seriamente a possibilidade de converter-se ao catolicismo.
Para obter maiores conhecimentos, resolveu ir até a igreja do bairro onde morava. Ali chegando, um homem lhe perguntou: “O que deseja?”
“Assistir a uma missa”, respondeu Gandhi. “E pedir alguma ajuda de Deus”.
Gentilmente, o homem lhe disse: “Por favor, vá até a igreja que se encontra a dois quarteirões daqui. Esta é só para brancos”.
Nunca mais Gandhi retornou a uma igreja.

"Pregue o tempo todo, se preciso use palavras" - São Francisco de Assis.


"Amar e saber compreender as diferenças sempre será a melhor de todas as pregações".



Thiago Mendes



Um comentário:

Pra. Fran Mendes. disse...

Otimo texto...
te amo!