sexta-feira, 12 de junho de 2009

Chamando Deus para um duelo


Um louco conseguiu reunir sua platéia de sempre, em uma das praças de Isfahan.
- Hoje vou lhes mostrar algo muito importante – disse. – Vocês estão acostumados a escutar que Deus é Todo Poderoso, mas eu sou mais forte que ele.
Virou-se para os céus, e bradou:
- Desça daí, encontre-me esta tarde no deserto, e vamos ver quem ganha um duelo!
Dito isso, partiu para o deserto. As pessoas continuaram na praça até o final do dia; quando o sol começou sumir no horizonte, o louco retornou à praça. Estava com um olho roxo, um galo na cabeça, as roupas todas rasgadas. Furioso, gritava com as pessoas:
- Vocês estão achando que Deus venceu o duelo, não é verdade? Pois vou lhes contar o que aconteceu: Ele não agiu de maneira honesta! Estava com medo de mim, por isso enviou um operário de construção, que ao escutar meus gritos no deserto, perguntou se eu era louco, reclamou que não conseguia tirar seu cochilo por minha causa, agrediu-me de maneira impiedosa para me enfraquecer! Se Deus tivesse vindo sozinho, teria levado uma surra!

Brigar com Ele, só se for realmente louco!

Um comentário:

Pra. Fran Mendes. disse...

Engraçado...muito bom!