quarta-feira, 15 de abril de 2009

SOBRE A INJUSTIÇA


Quando era pequeno, Cosroes, na antiga Pérsia, tinha um mestre que conseguiu fazê-lo se destacar em todas as matérias que aprendia.
Certa tarde, o mestre, aparentemente sem motivo, castigou-o com toda a severidade.
Anos depois, Cosroes subiu ao trono. Uma das suas primeiras providências foi mandar trazer o mestre de sua infância, e exigir uma explicação para a injustiça que cometera.
“Por que me castigaste sem que eu merecesse?”, perguntou.
“Quando vi tua inteligência, soube logo que irias herdar o trono de teu pai”, respondeu o mestre. “E resolvi mostrar-lhe como a injustiça é capaz de marcar um homem para o resto da vida. Espero que você jamais castigue alguém sem motivo”.
Cosroes admirou sua sabedoria e deu-lhe um cargo elevado.

Receba meu carinho e minhas orações,


Thiago Mendes.

Um comentário:

Anônimo disse...

Q LINDA HISTÓRIA, ISSO NOS MOSTRA O QUANTO A INJUSTIÇA FERE E CAUSA FERIDAS DIFICÉIS DE SEREM CURADAS, GRAÇAS A DEUS SERVIMOS A UM DEUS JUSTO!