quarta-feira, 15 de abril de 2009

SOBRE A INJUSTIÇA


Quando era pequeno, Cosroes, na antiga Pérsia, tinha um mestre que conseguiu fazê-lo se destacar em todas as matérias que aprendia.
Certa tarde, o mestre, aparentemente sem motivo, castigou-o com toda a severidade.
Anos depois, Cosroes subiu ao trono. Uma das suas primeiras providências foi mandar trazer o mestre de sua infância, e exigir uma explicação para a injustiça que cometera.
“Por que me castigaste sem que eu merecesse?”, perguntou.
“Quando vi tua inteligência, soube logo que irias herdar o trono de teu pai”, respondeu o mestre. “E resolvi mostrar-lhe como a injustiça é capaz de marcar um homem para o resto da vida. Espero que você jamais castigue alguém sem motivo”.
Cosroes admirou sua sabedoria e deu-lhe um cargo elevado.

Receba meu carinho e minhas orações,


Thiago Mendes.

Um comentário:

Anônimo disse...

Q LINDA HISTÓRIA, ISSO NOS MOSTRA O QUANTO A INJUSTIÇA FERE E CAUSA FERIDAS DIFICÉIS DE SEREM CURADAS, GRAÇAS A DEUS SERVIMOS A UM DEUS JUSTO!

Daqui pra frente!

Vai com fé que dá. Você já tem muita luz, são se ofusque. Não se acanhe com olhares de reprovação. Não se abale com comentários negativ...