sexta-feira, 17 de abril de 2009

INVEJA: UM PESO DESNECESSÁRIO


A inveja é um carro velho, estragado, parado na beira da estrada que olha no horizonte e enxerga um modelo novo e importado se aproximando em alta velocidade.

1º - O carro velho-invejoso seria incapaz de pedir carona, pois seu orgulho invejoso não seria capaz de reconhecer sua incapacidade perante a capacidade de seu irmão mais novo.

O invejoso manifesta sua inveja aparentemente apresentando uma desnecessidade em relação ao outro, mais na verdade, o que ele sente é medo de ser desprezado.

2º Se o carro novo pára espontaneamente, o sentimento do velho invejoso é que ele só parou para humilhar estragado.

A briga eterna entre o invejoso e o mundo inteiro é que ele jamais conseguirá reconhecer as vantagens de seus adversários, que na maioria das vezes nem tem conhecimento de tal adversidade.

O melhor que podemos fazer é tentar viver livres deste peso.

Se você sente inveja, por favor, faça bem a si mesmo e ao Universo que lhe rodeia.


Em paz,

Thiago Mendes


2 comentários:

Paulinho disse...

Ola amigo Tiago Mendes!!!
belissimo este seu texto, gostei muito e concordo plenamente com vc inveja é mesmo um carro velho fora de uso e inadequado nos dias de hoje.

Parabéns!!!

Honestino Afonso Xavier disse...

parabéns pelo blogger..

quando der visite o meu

deixe recado

abraços