quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O CEGO, DEUS E A SABEDORIA



Um amigo levou Hassan até a porta de uma igreja, onde um cego pedia esmolas.
“Este cego é o homem mais sábio de nosso país”, disse.
“Há quanto tempo o senhor é cego?”, perguntou Hassan.
“Desde que nasci”, respondeu o homem.
“E o que o transformou em um sábio?”
“Como não me conformava com minha cegueira, tentei ser astrônomo”, respondeu o homem. “Já que não podia ver os céus, fui obrigado a imaginar as estrelas, os sóis, as galáxias. E, à medida que me aproximava da obra de Deus, terminei me aproximando de sua Sabedoria”.

Não são os recursos que produzem o sucesso. Na verdade a falta de recursos pode ser a melhor maneira de nos levar ao desejamos.

Abraço Fraterno,


Thiago Mendes

Nenhum comentário: