terça-feira, 21 de outubro de 2008

O ENTREGADOR DE SONHOS


"Lá fora estava uma cidade completamente alagada. Aqui dentro uma alma cansada de acreditar que tudo vai mudar. Lá fora, uma noite escura. Aqui dentro uma alma sem direção. Lá fora uma noite com chuva fina e constante. Aqui dentro uma alma tempestuosa com raios e trovões. Lá fora, ruas vazias e uma solidão constante. Aqui dentro, avenidas movimentadas com perguntas sem resposta, e uma infinita saudade de momentos que jamais vivi".

Palavras de Dináh, retiradas de - "O ENTREGADOR DE SONHOS" - Thiago Mendes

2 comentários:

ana disse...

Se o livro todo for lindo assim, fará muito sucesso...

Parabens!

Júlio disse...

A poesia é muito interessante

Você não merece meu perdão!

Você nem sequer me pediu perdão. Também não estou com a mínima vontade de lhe perdoar. Claro, tenho meus muitos motivos e você conhece ca...