quarta-feira, 23 de abril de 2008

O HOMEM E O TEMPO




Se há alguém no mundo que precisa participar da minha vida sou eu mesmo.

O tempo é um peregrino calmo e constante que nunca para de caminhar e eu, pobre homem, preciso pelo menos conseguir acompanhá-lo, mesmo na certeza de que um dia ele me nocauteará em algum ponto desta estrada, me deixará morto e seguirá seu ininterrupto caminho rumo á eternidade. Sou um homem que corre do tempo, mas se paro alguns minutos para descansar e olho para traz, lá vem ele me acompanhando.
Se me escondo dele, apago as luzes, cubro a cabeça de medo, mesmo assim, quando o sol nasce e me olho no espelho, vejo seus rastos em minha face em forma de rugas e cansaço. O tempo além e ser senhor de si mesmo, é senhor dos lugares, pois não há lugar que não esteja presente.

Receba meu carinho.
Em Cristo, único senhor dos tempos,

Thiago Mendes

2 comentários:

Zilda disse...

DIANTE DO TEMPO...PARAMOS PARA REFLETIR, SOBRE O QUE FIZEMOS E O
QUE APRENDEMOS,OS ANOS SE PASSARAM ENQUANTO A GENTE DORMIA, NEM PERCEBEMOS... AO OLHAR NO ESPELHO IMAGINAMOS ESTA FACE NÃO É MAIS A MINHA....
SÃO ESSAS MARCAS ...QUE
VÃO TRAZER SABEDORIA PARA CAMINHARMOS EM SUA DIREÇÃO...
BUSCANDO COMPREENDER OS MISTERIOSOS CAMINHOS QUE NOS LEVAM Á DEUS.PARABENS! ESTA LINDO!!!

disse...

Devemos caminhar lado a lado com o tempo... aceitar suas marcas, seus desafios, afinal aprendemos constantemente com eles... devemos olhar nossa alma, cultivar nosso espírito e nos preocuparmos menos com nossa aparência e olhar mais pelo nosso próximo que tantas vezes precisa tanto de amparo e carinho... bjo.